#Verificamos: É antiga foto de soldados do Exército em obras da transposição do Rio São Francisco

Circula nas redes sociais uma imagem com soldados do Exército nas obras da transposição do Rio São Francisco. A legenda sugere que a foto é recente e seria fruto do trabalho do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que a mídia tenta “esconder”. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“É A MÍDIA NÃO DIVULGOU QUE FOI O EXERCÍTO QUE TRABALHOU NA OBRA DA TRANSPOSIÇÃO DO RIO, TUDO QUE BOLSONARO FAZ ELES TENTAM ESCONDER , MAS NÃO ADIANTA A INTERNET É O MAIOR MEIO DE COMUNICAÇÃO DO MUNDO”
Legenda de imagem publicada no Facebook que, até as 16h do dia 01 de julho de 2020, tinha sido compartilhada por mais de 850 pessoas

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. Em nota, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) disse que a foto é antiga, de 2012, ainda durante a gestão da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). Segundo o texto, o registro é dos trabalhos de drenagem externa do canal de aproximação à Estação de Bombeamento (EBV) 1, no Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco.

A imagem também pode ser encontrada na conta oficial do Exército no Flickr. Ela foi publicada dois anos depois, em 12 de maio de 2014. O registro também pode ser encontrado em publicações sobre as obras da transposição com data anterior a 2019, como nesta aqui, de abril de 2015.

Portanto, a foto que circula nas redes sociais não tem relação com a inauguração feita pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), na sexta-feira (26), de um trecho do Eixo Norte da transposição do Rio São Francisco.

A nota enviada à reportagem diz ainda que o Exército atualmente está trabalhando em três obras ligadas à transposição do Rio São Francisco, todas em fase de conclusão. Segundo o MDR, as obras foram contratadas antes do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) assumir o governo. Os trabalhos são os seguintes: Estradas Acesso EBV-1 a EBV-3 (contratação em maio/2016); Serviços Barragem Tucutu (contratação em julho/2017) e Serviços Barragem Arreias (contratação em maio/2018).

A mesma informação foi checada pelo Estadão Verifica e AFP Checamos.

COM AGÊNCIAS

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line