Polícia Civil deflagra operação para investigar torcida organizada em Florianópolis

A Polícia Civil de Santa Catarina deflagrou na manhã desta sexta-feira (20) a Operação “Hooligans II contra integrantes de uma torcida organizada, ligada ao Figueirense.

Após a invasão do Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, no dia 5 de setembro deste ano, foi instaurado inquérito policial para apurar os crimes de associação criminosa qualificada, porte ilegal de arma de fogo, lesão corporal dolosa, ameaça, dano e promover tumulto, praticar ou incitar a violência, ou invadir local restrito aos competidores em eventos esportivos.

Durante as investigações descobriram-se suspeitas de que as ações criminosas perpetradas contra os jogadores e membros da comissão técnica tenham sido ordenadas pelas principais lideranças da torcida organizada.

Após a representação das medidas cautelares, foram cumpridos nesta sexta-feira 12 mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça em Florianópolis e em São José. Foram apreendidos um simulacro de arma de fogo, 15 telefones celulares, 140 gramas de maconha, armas brancas, rojões e uniformes da torcida organizada.

As investigações prosseguem com a análise do material apreendido e interrogatório dos suspeitos. Participaram da operação cerca de 40 policiais civis da Delegacia de Polícia do Continente, 1ª DP, 6ª DP, 10ª DP, Delegacia de Repressão a Roubos, Delegacia de Combate ao Crime Organizado (DECRIM) e Delegacia Regional de Polícia de São José.

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line