Motoristas de vans escolares de Valinhos fazem ato para pedir auxílio financeiro à prefeitura


Além da ajuda em dinheiro, categoria pede a suspensão de pagamentos relacionados à manutenção dos veículos. Prefeitura diz que analisa solicitações para dar respostas às pautas. Manifestação reuniu cerca de 70 vans no Centro de Valinhos

Motoristas de vans escolares de Valinhos (SP) realizaram, nesta quarta-feira (1º), uma manifestação para pedir auxílio financeiro à prefeitura enquanto durar a suspensão das aulas na rede municipal de ensino, em decorrência da pandemia de covid-19. O ato, que terminou por volta de 10h30, reuniu cerca de 70 veículos em frente ao paço municipal.
A categoria alega que, sem o transporte de alunos, não tem outros meios para gerar renda. Com isso, os motoristas não conseguem fazer os pagamentos relacionados à manutenção dos veículos – o que gerou o pedido de outras ajudas à prefeitura. As reivindicações são:
Auxílio financeiro de aproximadamente R$ 1,2 mil por mês;
Prorrogação dos prazos de vistorias e aferimentos de veículos, no caso dos motoristas que teriam de fazer no início de 2021;
Suporte para a busca de recursos junto ao Banco do Povo e aos bancos estatais, como Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil.
“Por mais que o governo de São Paulo esteja projetando retomar as aulas, nós não temos uma garantia de quando isso vai, de fato, acontecer. Enquanto isso, tem famílias que o pai e a mãe trabalham com o transporte de alunos. Como é que se sustenta uma casa assim?”, questiona a presidente da Associação dos Condutores Escolares de Valinhos, Fabiana Buttignoli Vieira.
Fabiana explica que o pedido de ajuda para conseguir financiamentos junto a bancos estatais visa possibilitar que os transportadores quitem as dívidas que têm acumulado enquanto não podem trabalhar, já que as cobranças continuam sendo feitas.
“Tem motorista tendo que esconder a van, porque já tem busca e apreensão emitidos contra o carro, porque não fez os pagamentos à seguradora”, relata.
O que diz a prefeitura?
Em nota, a Prefeitura de Valinhos informou que representantes dos motoristas foram recebidos nesta manhã pelo prefeito Orestes Previtale Júnior, além do chefe de Gabinete Carlos Roberto Tosto e os secretários de Desenvolvimento Econômico Gustavo Previtali e de Mobilidade Urbana Mauro Haddad Andrino.
A administração diz que, assim que formalizadas por escrito, as demandas dos transportadores serão analisadas por cada área da administração e encaminhadas dentro da legalidade e de acordo com a capacidade de realização do município.

COM AGÊNCIAS

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line