Investigadores prendem em terminal de ônibus de SP homem procurado por feminicídio em Santa Catarina


Justiça catarinense havia expedido mandado de prisão contra Reginaldo Anselmo Garcia por feminicídio da namorada dele, Andreia Ruon, em dezembro de 2018, na cidade de Garopaba, no litoral catarinense. Reginaldo Anselmo Garcia foi preso em terminal de ônibus em São Paulo. Havia mandado de prisão contra ele por feminicídio cometido em 2018 em Santa Catarina

Reginaldo Anselmo Garcia, 49 anos, foi preso na tarde desta quarta-feira (1º) no terminal de ônibus do Carrão, em São Paulo. A Justiça de Santa Catarina havia expedido mandado de prisão contra ele por feminicídio da namorada, Andreia Ruon, em dezembro de 2018, em Garopaba, no litoral catarinense.
O acusado foi encontrado por investigadores da Divisão de Investigação sobre Entorpecentes (Dise) de Santo André, no ABC Paulista, para onde Reginaldo foi levado para prestar depoimento.
A vítima foi morta com um cadarço em um hotel na cidade litorânea de Santa Catarina, em 16 de dezembro de 2018. Garcia estava foragido desde o dia do crime.
O corpo de Andreia Ruon foi encontrado pela polícia local com sinais de violência e o cadarço enrolado ao pescoço. Segundo a investigação da época, Garcia e Andreia eram namorados, mas tinham um relacionamento conturbado, com registros de violência doméstica, lesão corporal e ameaça.
A vítima era mãe de dois filhos do primeiro relacionamento.

COM AGÊNCIAS

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line