Ciclone na região Sul deixa nove mortos; previsão para hoje é de ventos de até 100 km/h

A formação de um ciclone extratropical no Sul do país derrubou as temperaturas nesta quarta-feira (1) na região e também nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Mato Grosso do Sul. Estão previstos ainda ventos fortes que podem chegar a 100 quilômetros por hora.

Também estão previstas quedas de temperatura no oeste do Mato Grosso e sul de Rondônia. As temperaturas devem cair, segundo o Inmet, o Instituto Nacional de Meteorologia, de 3 a 5 graus nessas regiões, com riscos à saúde.

O ciclone extratropical foi formado nessa terça-feira (30) na região Sul e causou estragos principalmente em Santa Catarina, onde, ao menos, 9 pessoas morreram segundo o Corpo de Bombeiros do estado. Uma pessoa segue desaparecida. Ao todo, 60 municípios catarinenses foram atingidos.

Para esta quarta-feira (1), a previsão é de chuvas mais amenas no Sul do país, mas ainda com ventos fortes e baixas temperaturas. O meteorologista Mamedes Luiz Mello, do Inmet, informa que o ciclone está no oceano e os impactos do fenômeno serão menores hoje.

O meteorologista Mamedes explica que esse fenômeno do ciclone é comum nesta época do ano.

Também são esperadas fortes ondas, de até 4 metros de altura, nas praias do Rio Grande do Sul ao Rio de Janeiro. A prefeitura do Rio também soltou um alerta para a população.

Apesar das chuvas fortes não atingirem o estado do Rio de Janeiro hoje, há previsão de fortes ventos na região de até 75 quilômetros por hora.

COM AGÊNCIAS

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line