Ciclone em SC: SAMU atende mais de mil chamadas durante fenômeno que atingiu Estado

Nesta terça-feira, 30, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) atendeu 1257 chamadas nas oito macrorregiões do Estado de Santa Catarina, durante o ciclone que atingiu a região Sul. Destas chamadas, 503 atendimentos precisaram de Unidades de Suporte Avançado (USA) e Suporte Básico (USB).

Foi o caso de duas equipes da USB de Santo Amaro que se depararam com um acidente envolvendo um motociclista de 50 anos, perto da base do SAMU da região, no qual um poste caiu em cima da vítima. Os profissionais, Beatriz, Rosângela, Lucas, Jader e Alessandro, fizeram reanimação cardiopulmonar por aproximadamente 45 minutos – até conseguir reanimar o paciente. O Corpo de Bombeiros e a USA também estiveram no local.

“Atendemos o chamado por volta de 18h30min, quando ainda estávamos sem contato com a Central de Regulação, devido a problemas temporários na linha de comunicação. Chegamos ao local e os bombeiros já estavam fazendo a massagem cardíaca; assumimos, usamos o DEA e conseguimos estabilizar o paciente. A USA de Palhoça também chegou para auxiliar logo depois”, resumiu a Técnica em Enfermagem Beatriz Kloppel.

Também na terça-feira, a equipe da Unidade de Suporte Avançado de Florianópolis atendeu um homem de 44 anos que teve uma queda de 8 metros e teve traumatismo cranioencefálico grave, no bairro Estreito. “Atendemos a ocorrência em apoio ao Corpo de Bombeiros e à Unidade Básica que já estavam no local. Nós tivemos que entubar o paciente ali mesmo e ele respondeu bem a todas as medidas. Houve a proteção das vias áreas, a estabilização, e todo o protocolo foi executado com êxito. Nós tivemos a notícia que hoje, nesta quarta, ele já está bem e com possibilidade de alta nas próximas horas”, registrou o médico Guilherme Kumm Ávila.

Confira o número de atendimentos por macrorregião

– Grande Florianópolis: 117
– Norte/Nordeste: 134
– Vale do Itajaí: 45
– Foz do Rio Itajaí: 37
– Meio Oeste: 09
– Extremo Oeste: 40
– Sul: 88
– Serra: 33

Todas as linhas do 192 estão disponíveis para registro e regulação das chamadas dos casos mais graves.

COM AGÊNCIAS

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line