Barreira sanitária educativa é implantada na Ceaca, em Caruaru


Trabalho é realizado das 7h às 13h, com orientação sobre as medidas de combate ao coronavírus. Barreira sanitária educativa na Ceaca, em Caruaru

A prefeitura de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, implantou na quarta-feira (1º) uma barreira sanitária educativa na Central de Abastecimento do município (Ceaca). No local, os motoristas, feirantes e compradores são orientados sobre a importância do uso da máscara, a higienização das mãos e o distanciamento necessário.
Veja os dados do coronavírus no interior de Pernambuco
A barreira sanitária está sendo realizada das 7h às 13h, em parceria com a Destra, Secretaria de Saúde e Bombeiro Civil. Caso alguém apresente os sintomas da Covid-19, será encaminhado à Secretaria de Saúde do município para avaliação e cuidados específicos.
“Com a implantação dessa barreira, a gente que vem de fora se sente mais seguro, assim também, como quem está aqui, pois não sabemos por onde as pessoas andam e ficamos vulneráveis até em dividirmos o mesmo espaço”, afirma o comprador José de Souza que veio de Garanhuns fazer compras na central.
O diretor presidente da Ceaca, Bruno França, explicou que o objetivo é controlar a disseminação do coronavírus. “A barreira sanitária na central de abastecimento vem reforçar o trabalho que está sendo realizado, com orientações e medidas a serem tomadas, como utilização de máscara, álcool em gel e a redução do funcionamento dos restaurantes, que agora só atendem por delivery”, garantiu.

COM AGÊNCIAS

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line